E aí Brasfooteiros, beleza? Eu, Lucas Almeida, trago à vocês o terceiro episódio da série Carreira Brasfooteira! Acompanhe a continuação desta carreira clicando abaixo no botão "Leia mais" !


Não viu os primeiros episódios?





Mesmo após o empate contra a grande equipe gremista, eu e o elenco estávamos muito mais confiantes para os próximos jogos. O nosso próximo adversário seria o São Luiz, que encontrava-se no 4º lugar. Sem dúvidas, era um jogo que precisaríamos ganhar pra não perder posições, sendo assim, busquei uma opção mais ofensiva. A formação escolhida foi esta:

Nesta formação, apenas coloquei o reserva Carlão no lugar do titular Fernando, com o intuito de poupa-lo.


No primeiro tempo de jogo, aos dezoito minutos, nossa goleador Ronaldo, recebeu um passe de Rogerinho e marcou! 1 X 0 Juventude. Depois desse lance, não houve muitas jogadas perigosas para ambas equipes. 

Para voltar ao segundo tempo, fiz algumas alterações na equipe:

  • Pus meu único zagueiro reserva, o Robinho, para saída do zagueiro Rafael Pereira;
  • Mais uma mudança no setor defensivo. Coloquei o lateral Brock no lugar do Alan, que me parecia cansado;
E assim voltamos ao segundo tempo:


No tempo final do jogo, conseguimos abrir uma vantagem de dois gols para cima do São Luiz, com um belo gol de Bérgson aos 8'. Dois minutos após nosso segundo gol, o time do São Luiz surpreendeu, marcando dois gols em um intervalo de dois minutos. Após isso, resolvi tirar o atacante Bérgson e por o Zulu, pois apresentava boas características pra essa situação. Infelizmente, a última alteração não adiantou muito, continuamos com o placar empatado por 2x2, levando um ponto para "casa". Vejam as estatísticas do jogo:


Após o empate, dei uma olhada na nossa posição no estadual:


Infelizmente, o Grêmio abriu cinco pontos de vantagem para nossa equipe. E o pior ainda estava por vir, o nosso adversário era exatamente o:


 

Sem dúvida alguma, seria um jogo bastante complicado. Desta vez, resolvi adotar a mesma formação contra o São Luiz. Assim entramos em campo:


No primeiro tempo, a tristeza arrodeou-me ao ver Leandro Damião marcar gol para o Inter, aos 10'. Dois minutos após o gol do Internacional, nosso time resolveu acordar, Diego Oliveira empatou.
Notei que nossa equipe estava bastante cansada, fiz algumas alterações. Assim fomos para o segundo tempo:


O rendimento caiu bastante no segundo tempo. Levamos dois gols de Leandro Damião e perdemos o jogo por 3x1. Vejam as estatísticas:


Ainda continuávamos na 2º posição. Nosso próximo jogo não seria tão difícil, teoricamente, é claro. Ainda estávamos muito abalados com a derrota para o Internacional, mas tínhamos que erguer a cabeça. Jogaríamos contra o :


Para este jogo, escalei esta formação:


No primeiro tempo, aos 20' minutos, um lindo gol do nosso craque Ronaldo. 1x0 Juventude. Dois minutos após, mais um gol para nossa equipe, Élber, de cabeça ampliou. 2x0 Juventude! Não demorou muito e a equipe adversária reagiu. Aos exatos 24' do primeiro tempo, Léo diminui para o Esportivo. 

Voltamos para o segundo tempo com realizando todas as alteações possíveis. Vejam:


Pelo visto, as alterações funcionaram perfeitamente para que a nossa equipe não perdesse ou empatasse! Saímos do campo, com três pontos adicionados à nosso favor. Vejam as estatísticas do  jogo:


Com esta vitória, já estávamos classificados para a final do estadual. Iríamos enfrentar o Grêmio....


E então? Qual será o destino do Juventude na reta final do estadual? Confiram no próximo episódio....